E-mail

contato@moreiranet.com

WhatsApp

44 991782235

americana
quality
MUITO BOM

6 motivos para comer cebola

Consumir cebolas com regularidade pode melhorar a saúde cardiovascular

20/07/2020 09h20Atualizado há 1 ano
Por:
Fonte: vivabem

A cebola sempre é notada nas receitas: há quem ame ou odeie. Mas a verdade é que essa hortaliça possui um sabor característico, o que a torna praticamente indispensável em diversas preparações do dia a dia. Ela é encontrada em vários formatos —achatada ou mais arredondada e as cores também variam, podendo ser branca, amarela ou roxa. Entre seus nutrientes, destacam-se os antioxidantes, como a quercetina, que combatem diversas doenças. Além disso, as cebolas contêm vitaminas, minerais como cálcio, ferro, magnésio, fósforo e carboidratos e proteínas importantes para o organismo.

Uma unidade média (100 g) de cebola branca crua tem aproximadamente 40 calorias e 2 g de fibras. A seguir, destacamos os principais benefícios desse alimento e as formas de consumo.

1. É aliada da saúde do coração

 Consumir cebolas com regularidade pode melhorar a saúde cardiovascular. Isso ocorre porque o alimento contém quercetina, antioxidante que previne os processos inflamatórios do corpo e reduz a formação de coágulos. Ajuda ainda a relaxar as fibras musculares e a aumentar a elasticidade dos vasos sanguíneos. Além disso, reduz os níveis de colesterol "ruim" (LDL) e controla a hipertensão —que são fatores de risco para as doenças do coração. Com isso, previne infartos e AVC (acidentes vasculares cerebrais). A cebola roxa possui também antocianinas, um antioxidante que reduz o risco de problemas cardíacos. Um estudo realizado com mais de 43 mil homens mostrou que aqueles que consumiam 613 mg por dia de antocianinas tiveram uma redução em 14% no risco de ter ataque cardíaco. Já uma pesquisa com mais de 93 mil mulheres também comprovou que a ingestão habitual dessa substância diminuiu em 32% as chances de infartos.

2. Ajuda a controlar o açúcar no sangue

A cebola tem uma alta concentração de frutooligossacarídeos, substância que colabora eliminando o excesso de glicose (açúcar) do sangue. Outros nutrientes contidos no alimento como a quercetina ajudam no controle da glicemia e na prevenção da resistência à insulina. O cromo, mineral contido na cebola, também aumenta a tolerância das células à glicose contribuindo para o controle da hiperglicemia. Por isso, pode ser benéfica para quem tem diabetes.

3. Previne fraturas

Esse bulbo também contribui com a proteção dos ossos prevenindo a perda óssea, que pode resultar na osteoporose e culminar com a fragilidade dos ossos. Um estudo realizado com mais de 500 mulheres na pré ou pós-menopausa mostrou que quem consumia cebola uma vez ao dia tinha uma densidade óssea cerca de 5% maior. E as mulheres mais velhas que consumiam mais cebolas apresentaram 20% menos riscos de ter fraturas no quadril.

4. Aumenta a imunidade

Por ter vitamina C e outros antioxidantes, a cebola pode aumentar a defesa imunológica do organismo. Ela ajuda a combater a inflamação, reduz o muco nas vias nasais, pulmões e sistema respiratório. Por isso, pode fortalecer o corpo contra gripes e resfriados, além de infecções em geral.

5. Contribui com a saciedade

A cebola contém fibras que aumentam a sensação de saciedade e melhoram o funcionamento do trânsito intestinal. Por possuir a quercetina em sua composição, acelera o metabolismo e contribui na queima de gordura corporal. Mas vale destacar que nenhum alimento promove o emagrecimento de forma isolada. É preciso realizar uma dieta equilibrada e praticar atividade física para conseguir emagrecer de forma saudável.

6. Melhora a saúde intestinal

Elas contêm substâncias prebióticas, o que aumenta o número de bactérias boas para no intestino, levando à formação de ácidos graxos de cadeia curta. Isso resulta em uma melhor flora intestinal, aumentando a imunidade e diminuindo os processos inflamatórios do organismo. Além disso, reduz o risco de infecções e aumenta a absorção de nutrientes. Ajuda na prevenção do câncer: um dos benefícios mais discutidos da cebola é sobre a sua eficácia na prevenção de diferentes tipos de cânceres. Uma revisão de 26 estudos indicou que o consumo regular de alho e cebola diminuiu em 22% as chances do câncer de estômago.

 

 

SIGA nossas redes sociais:

Instagram: https://www.instagram.com/moreiranet10/

Facebook:  https://www.facebook.com/moreiranet10

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.