E-mail

contato@moreiranet.com

WhatsApp

44 99957-1789

hotel
DIVULGUE AQUI
Santa Maria 970x250
MOREIRANET

Paraguai e Argentina fecham suas fronteiras por 15 dias

Com isso, brasileiros que não residem no Paraguai e Argentina estarão impedidos de fazer a travessia

16/03/2020 08h44
Por: Gil Riguette
Fonte: portal da cidade foz do iguaçu

O Paraguai vai proibir a entrada de estrangeiros não residentes a partir desta segunda-feira (16). A decisão foi confirmada na noite de domingo (15) pela Direção Geral de Migrações (DGM) e vale por quinze dias.

Com isso, brasileiros que não residem no Paraguai estarão impedidos de fazer a travessia entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, já nas primeiras horas do dia.

"Por instruções do presidente Mario Abdo Benítez após reunião do Conselho Nacional de Defesa, a Direção Geral de Migrações inicia o processo de fechamento temporário das fronteiras para cidadãos não residentes no Paraguai", informa a instituição responsável pela fiscalização de entradas e saídas do país.

"A DGM também levará adiante a limitação de pontos fronteiriços habilitados para o ingresso de cidadãos paraguaios, estrangeiros residentes, membros de missões diplomáticas e de organismos internacionais com ingresso autorizado", complementa a nota.

"Aos que ingressem ao país, será aplicado isolamento preventivo obrigatório em seus domicílios, com controle de verificação aleatória, a cargo do Ministério da Saúde Pública e Bem-Estar Social. Outros detalhes serão dados amanhã (16) pela Presidência", conclui o comunicado.

 

ARGENTINA

Em decorrência do avanço do novo coronavírus (Covid-19), o presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou o fechamento das fronteiras e a suspensão das aulas no país pelos próximos 15 dias.

A medida foi anunciada durante pronunciamento na televisão argentina no fim da tarde de domingo (15). A ação visa conter o avanço do vírus no país.

O vírus foi chamado de "inimigo" pelo presidente, que também cobrou a colaboração da população para reduzir o número de infectados.

Entre as decisões adotadas por Alberto Fernández, está a concessão de licenças médicas a todas as pessoas com mais de 65 anos para evitar o contágio em grupos de risco.

As medidas passam a valer já na segunda-feira (16). A Argentina faz fronteira com Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Chile.

As pessoas que descumprirem a medida poderão ser detidas pela polícia. Já os turistas correm risco de expulsão.

Somente argentinos natos e estrangeiros com residência fixa no país, poderão entrar no território argentino.

 

SIGA O MOREIRANET NO INSTAGRAN:

https://www.instagram.com/moreiranet10/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.